Image Alt

Federação Paulista de Ciclismo

Prevenção de Lesões no Ciclismo

FISIOTERAPIA NO ESPORTE

Se perguntarmos para as pessoas o que é a fisioterapia, a maioria delas vai associar a arte com a técnica de massagem, que nós fisioterapeutas, muitas vezes, utilizamos em nossos atendimentos. Mas como disse, é uma das técnicas que podemos utilizar. Por isso, apareço por aqui para falar de fisioterapia no ciclismo. E acreditem! A nossa atuação vai além do “famoso” recovery.

Aproveitarei o momento atípico no qual estamos vivendo para falar um pouco sobre PREVENÇÃO DE LESÕES NO CICLISMO.

Quando comecei a pedalar, ouvi a seguinte frase: “Andar de bike é uma arte, cair faz parte!”. Acredito que todo ciclista já caiu alguma vez, do iniciante quando teve sua primeira experiência pedalando “clipado”, ao profissional que sofre quedas em pelotões. E como se prevenir nestas situações? O uso de equipamentos de proteção é indispensável! O trio de segurança, composto por capacete, óculos e luvas, deve fazer parte dos nossos pedais. Conhecer o local onde se vai pedalar e ter um conhecimento básico sobre a técnica pode te salvar de algumas quedas.

Por outro lado, as lesões por sobrecarga acometem principalmente a lombar e os membros inferiores. Várias patologias poderiam ser citadas, mas vou ressaltar as medidas de prevenção.

O ponto de partida é a realização de um bom Bikefit, seja você um ciclista recreativo, amador ou profissional. Ele consiste em um processo de otimização da posição do ciclista na bicicleta, por ajustes feitos nos 3 pontos de contato na bicicleta, deixando o ciclista em harmonia com sua bike, além de deixar a posição mais confortável para pedalar.

A avaliação biomecânica é um conjunto perfeito ao bikefit, pois avalia o movimento, a ativação sinérgica dos grupos musculares, a estabilidade de pontos fixos e o alinhamento dos seguimentos do nosso corpo durante a mecânica da pedalada. Aí entra o fisioterapeuta, que te ajudará a alcançar um movimento mais próximo do ideal, dentro da sua individualidade e da especificidade do esporte, tendo como resultado a diminuição do risco de lesão, economia de energia e melhora da performance.

Toda a equipe que compõe a medicina esportiva se faz necessária para realizar ajustes na periodização e progressão dos treinos, alimentação, correção de movimento, dentre outros. No entanto, ressalto que o acompanhamento com o médico do esporte é fundamental para qualquer pessoa que pratica esporte, pois alterações metabólicas, hormonais, nervosas, por exemplo, podem interferir na resposta muscular e comprometer a evolução do desempenho do atleta.

Feito todos estes acompanhamentos, chegarão os treinos longos, de muita subida, ou terreno difícil com muita técnica a ser aplicada. Após estes treinos, o recovery é bem vindo. Existem alguns tipos de recuperação muscular. São eles: Crioterapia por imersão, Bota de compressão pneumática (com ou sem crioterapia), massagem esportiva e os rolinhos de soltura.

Deixo aqui algumas dicas de exercícios de estabilização que irão te ajudar a pedalar com mais qualidade.

  • Exercício de Prancha
Manter a posição de 30 segundos a 2 minutos. Repetir 3 vezes.
  • Exercício de Ponte
Fazer o movimento de subir e descer o quadril, lembrando de ativar o abdômen. Realizar 3 séries de 10 repetições.
  • Exercício de Abdômen
Neste exercício, manter a posição de 30 segundos a 2 minutos. Repetir 3 vezes.
Neste exercício, simular o movimento de pedalar com as pernas, mantendo a pelve (bacia) e tronco estáveis. Realizar 3 séries de 10 repetições.

Ficou com alguma dúvida ou quer esclarecimento de outros assuntos? Manda pra gente que responderemos nos próximos textos.

Até logo e bom pedal!

Add Comment

Fale com a gente

A federação está iniciando um novo ciclo que pessoas fantásticas

[contact-form-7 404 "Não encontrado"]

Ligue agora para mais informações

Coronavírus: Suspensão Temporária de Eventos

Seguindo as recomendações dos órgãos de saúde e pensando na segurança de atletas, treinadores e entes filiados nos campeonatos de CICLISMO e suas disciplinas, a FPC comunica a suspensão TEMPORÁRIA dos eventos estaduais, marcados fase vermelha em conformidade com o Decreto Estadual de nº64.994, que institui o Plano São Paulo.

A retomada das atividades ocorrerá nas diferentes fases Plano São Paulo e todos os entes filiados deverão utilizar-se do protocolo de biossegurança elaborado pelo Departamento médico FPC.

There was an error while trying to send your request. Please try again.

Federação Paulista de Ciclismo will use the information you provide on this form to be in touch with you and to provide updates and marketing.